Em Barra do Garças, Bolsonaro quebra protocolo, carrega crianças e cumprimenta população

image_pdfGerar PDFimage_printImprimir

Ao desembarcar em Barra do Garças, nessa quarta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro quebrou protocolo e cumprimentou a população, no Centro do município. Em uma das cinco paradas, que fez enquanto transitava pela Ministro João Alberto, ele carregou crianças no colo.

No aeroporto o presidente foi recepcionado pelos governadores de Mato Grosso e Goiás, Mauro Mendes (DEM) e Ronaldo Caiado (DEM). De lá, o comboio de autoridades seguiu para a cerimônia de lançamento do programa Juntos Pelo Araguaia, ocorrido em Aragarças, que busca recuperar a bacia do rio.

A caminho do evento, Bolsonaro resolveu descer do carro no Centro da cidade e, cercado por populares, parou para cumprimentar as pessoas e ainda posou para fotos carregando algumas crianças no colo.

Um grupo de beneficiários do programa Minha Casa Minha Vida esperavam na praia Quarto Crescente, para receber o presidente. Com cartazes e faixas, eles declaravam apoio a Bolsonaro e pediam o retorno das obras do residencial Carvalho 1, 2, 3.

Ainda na noite de terça-feira (4), o gabinete do presidente chegou a cancelar a visita a Aragarças, por falta de segurança. A medida foi suspensa poucos minutos depois.

Bolsonaro é o quarto presidente da República a registrar presença na divisa entre Mato Grosso e Goiás. Além dele, estiveram na região Gaspar Dutra (1948), Jucelino Kubitschek (1957) e Tancredo Neves (1985). O ex-presidente Getúlio Vargas também esteve em Aragarças, na década de 40, mas na época não presidia o Brasil.

Bolsonaro participa de evento, que marca o Dia do Meio Ambiente. O programa Juntos Pelo Araguaia vai investir 500 milhões de reais em atividades de recuperação do rio. Segundo explica a secretária de Meio Ambiente de Goiás, Andréa Vulcanis, o foco será a contenção de sedimentos e o replantio nas áreas que margeiam as nascentes e o leito do rio. (Por: Kayc Alves/Da Redação)

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *